Maria Guilhermina Loureiro de Andrade

 

mariaguilhermina
Figura 1: Maria Guilhermina Loureiro de Andrade (Fonte: JORNAL DO BRASIL, 29/5/1934, n. 126, p. 1)

 

Maria Guilhermina Loureiro de Andrade foi uma proeminente professora e intelectual brasileira. Nasceu em Ouro Preto, em 1842, e faleceu no Rio de Janeiro, em 1929. Filha primogênita de uma prole de 11 filhos, ela e suas cinco irmãs seguiram os passos da mãe, Leonor Augusta Loureiro de Andrade, e se tornaram professoras.

A família Loureiro de Andrade foi proprietária de uma escola particular na cidade Rio de Janeiro. O Colégio Andrade funcionou entre as décadas de 1870 e 1920, e esteve localizado em diversos bairros como: na Lapa, no Engenho Novo e no Catete. A mudança de endereço das escolas particulares era uma realidade no século XIX já que elas funcionavam em prédios alugados.

Nessa “família de professoras”, a trajetória de Maria Guilhermina se destaca.  Em busca de formação profissional Maria Guilhermina, em companhia de sua mãe, viajou para os Estados Unidos. Entre os anos de 1883 e 1887 morou na cidade de Nova York.

Nessa cidade obteve formação profissional na metodologia dos jardins de infância, que era uma proposta de ensino para crianças com idade entre 3 e 6 anos. Em Nova York Maria Guilhermina foi aluna de Maria Kraus-Boelté, uma destacada personagem na história da educação estadunidense.

Ao retornar ao Brasil Maria Guilhermina reestruturou o Colégio Andrade. Em 1888 o Colégio passou a oferecer um jardim de infância e um curso de formação de jardineiras (formação de professoras para atuarem nas classes infantis). Esse curso de formação de jardineiras é considerado o primeiro do país.

Além de professora, Maria Guilhermina atuou no espaço público de diversas formas. Foi autora e tradutora de livros didáticos; contribuiu com matérias sobre a temática educacional para jornais; proferiu palestras em congressos e eventos; participou da criação da Associação dos Professores do Brasil; atuou como vice-presidente da revista pedagógica A Eschola, produzida pela Associação; e foi convidada para lecionar pelos governos das cidades de São Paulo e Belo Horizonte.

Maria Guilhermina é uma importante personagem para a história da educação brasileira. Foi uma mulher de garra e do seu tempo. Ela se apropriou do magistério, enfrentou limites sociais impostos ao sexo feminino e inscreveu seu nome na história da educação brasileira.

 

Escrito por: Vinicius Monção, doutorando em Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sua pesquisa investiga a trajetória de formação e atuação profissional de Maria Guilhermina Loureiro de Andrade. “O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s